O linfoma de Hodgkin pode ser revertido?

Um dos cânceres altamente curáveis ​​é o linfoma e, ao longo dos anos, o número de pessoas sobreviventes de câncer tem melhorado significativamente. O primeiro curso de tratamento é a quimioterapia, que envolve drogas anti-cancerígenas, que mata as malignidades presentes no corpo. A quimioterapia pode ser combinada com radiografia, para resultados efetivos. O linfoma de Hodgkin também pode ser revertido usando transplante de células-tronco ou ensaios clínicos, que são introduzidos para curar o câncer. No entanto, esses tratamentos têm vários efeitos colaterais significativos. Como medida de proteção, pode-se exigir cuidados intensivos durante e após o tratamento para proteção contra outras infecções.

Tratamentos para curar o linfoma de Hodgkin

O tratamento administrado aos pacientes com linfoma de Hodgkin é bastante personalizado, pois é determinado pela propagação do câncer. Isto é, dependendo do estágio do câncer, dos órgãos afetados e da localização das malignidades. Nos estágios iniciais da DA, a quimioterapia e a radioterapia não são tão intensivas quanto no tratamento dos estágios avançados da DA. O tratamento pode ser dado em 4-5 ciclos durante os estágios iniciais, enquanto durante os estágios avançados, o tratamento pode durar entre 6-8 ciclos.

A radioterapia é mais um tipo de tratamento alvo em que as radiografias fortes usadas na morte das células cancerígenas são direcionadas para as malignidades. Para a reversão total do linfoma de Hodgkin, as opções de tratamento viáveis ​​podem ser combinadas para obter melhores resultados. Por exemplo, ensaios clínicos podem ser combinados com radioterapia e quimioterapia para curar o câncer em um curto período. Na maioria dos ensaios clínicos, o objetivo é controlar os efeitos adversos iminentes tanto na quimioterapia quanto na radiografia. Assim, a longo prazo, um paciente com LH é curado do câncer e sofre menos complicações do tratamento.

Possíveis efeitos do tratamento de Hodgkin

Quimioterapia e radioterapia têm vários efeitos colaterais que incluem; cansaço, vômitos , náuseas , perda de cabelo ou queda de cabelo e baixa contagem de células sangüíneas. Os sobreviventes de linfoma de Hodgkin também estão sujeitos a complicações mais sérias, como aumento do risco de infecções, desenvolvimento de neoplasias secundárias, condições pulmonares, infertilidade, fadiga crônica e doenças cardiovasculares. Assim, após o tratamento do linfoma de Hodgkin estar completo, um paciente ainda precisará de exames regulares para garantir que eles permaneçam saudáveis ​​e recebam tratamento para qualquer complicação que possam estar ocorrendo. Desnecessário dizer que o oncologista precisa avaliar que seus linfomas desapareceram completamente e que o câncer não está recidivante.

Como mais o linfoma de Hodgkin pode ser revertido?

Enquanto alguns pacientes procuram intervenções clínicas para reverter o linfoma de Hodgkin, outros escolhem um caminho diferente para mudar seu estilo de vida. Uma mudança de dieta e estilo de vida e uma boa nutrição podem ajudar muito na reversão da PA. Bem, como a quimioterapia e a radioterapia têm um impacto geral sobre o seu corpo e afetam sua capacidade imunológica, seu corpo precisa de nutrição e força para resistir ao tratamento. Assim, você pode adotar um caminho nutritivo para ajudá-lo no tratamento médico ou evitar os tratamentos e se concentrar totalmente no que alimenta seu corpo. Uma das dietas eficazes para se transformar se você tem linfoma de Hodgkin é uma dieta baseada em vegetais e tomar sucos orgânicos também para melhorar o seu bem-estar e câncer também. Uma boa nutrição ajuda a limpar o corpo e, para não mencionar, uma forma mais saudável e feliz de cuidar da saúde do seu corpo.

Conclusão

O linfoma de Hodgkin pode ser revertido significativamente através de quimioterapia, radiação e ensaios clínicos direcionados. No entanto, a radiação e a quimioterapia têm vários efeitos adversos no organismo, o que pode prejudicar sua saúde, mesmo após o câncer ter sido curado. Assim, como forma de conter esses efeitos colaterais, testes clínicos foram desenvolvidos para diferentes pacientes para aliviar os efeitos da quimioterapia e da radiação, enquanto ainda matam as células cancerígenas. O linfoma de Hodgkin também pode ser controlado através de uma mudança de dieta e estilo de vida. É preciso saber quais alimentos evitar e quais alimentos incluir em sua dieta. Uma dieta à base de plantas combinada com a terapia de sumo tem sido uma forma eficaz de curar o linfoma de Hodgkin. No entanto, para eficiência, você deve visitar um nutricionista holístico para lhe dar um caminho a seguir e o que você deve ou não evitar.

Leia também:

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment