Língua desidratada: efeitos da desidratação e dicas para controlar a língua desidratada

A língua é um refletor global da condição de saúde de um indivíduo. Sempre que algo não está certo com o nosso corpo, os médicos tendem a dar uma olhada na língua para descobrir o que pode estar errado. Isto é especialmente para casos de desidratação. Uma língua seca é um sinal de falta de hidratação adequada no corpo.

Enquanto a desidratação não se limita a apenas uma única área do corpo, uma língua desidratada é o primeiro sinal da necessidade do corpo por uma melhor hidratação. Existem muitas causas de desidratação que vão desde a falta de ingestão adequada de água até a perda de fluidos devido ao calor ou doença. Além disso, existem alguns sinais e sintomas de desidratação e uma língua desidratada é um deles.

Lingua Desidratada – Efeitos da Desidratação

De acordo com especialistas médicos, a ingestão diária recomendada de água para um homem médio é de cerca de 4 litros, enquanto para uma fêmea é de cerca de 3 litros. As pessoas tendem a não prestar muita atenção à necessidade de o corpo ser hidratado e, se a ingestão de líquidos necessária não for satisfeita, leva à desidratação. Da mesma forma, se mais quantidade de fluido é perdida, eles se tornam desidratados, o que é um estado em que seu corpo não tem a quantidade ideal de fluido necessária para funcionar normalmente. A maioria dos casos de desidratação não é grave e pode ser facilmente tratada, melhorando a ingestão de líquidos ou água. No entanto, em alguns casos, a desidratação reflete nas funções do corpo e pode aparecer com alguns sinais, incluindo uma língua desidratada.

Desidratação grave produz sintomas como dor de cabeça , urina escura, diminuição da frequência de micção, batimento cardíaco rápido, letargia, fadiga, confusão, irritabilidade e até perda de consciência. Quando adequadamente hidratado, o corpo conserva o fluido que tem para uso posterior. Isso resulta na redução da produção de fluidos no corpo, incluindo diminuição da produção de saliva, que é o primeiro sinal de desidratação. A língua fica seca e fica inchada quando o corpo limita a produção de saliva para a conservação de líquidos. A língua seca e desidratada é um sinal de que não apenas a boca está desidratada, mas é uma indicação de que todo o corpo está desidratado e requer reposição de fluidos. O problema da língua branca ocorre principalmente quando bactérias e detritos cobrem ou se acumulam na superfície da língua devido à desidratação leve.

Dicas para gerenciar a língua desidratada

Uma língua normal é de cor rosa, com pequenos nódulos, conhecidos como papilas, sobre ela. Deve ser úmido, com produção normal de saliva para ajudar na quebra de alimentos para digestão e, revestimento e prevenção de cárie dentária ou ser infectado por bactérias. Se a língua estiver áspera e seca, isso significa que ela não está hidratada de forma ideal e todo o corpo precisa de hidratação adequada.

Aqui estão algumas dicas para gerenciar uma língua desidratada e ajudar a recuperar a hidratação do corpo.

  • Beba mais água para combater a desidratação e a boca seca
  • Coma frutas com alto teor de água
  • Mastigue gomas sem açúcar ou chupe pedaços de gelo ou pastilhas para aliviar a língua desidratada e a boca seca.
  • Reduza o esforço e descanse para conservar o líquido e reduzir a perda de líquido através do suor.
  • Em caso de qualquer doença, diarréia ou vômito , faça o tratamento necessário com orientação médica
  • Solução de reidratação oral para substituir os líquidos perdidos pode ajudar em certos casos.

Mesmo apesar de beber quantidades adequadas de água durante todo o dia todos os dias e ficar bem hidratado, se o problema da língua desidratada persistir, isso pode estar sinalizando algo muito mais sério. Se um indivíduo tem uma língua desidratada crônica, ele deve consultar um médico imediatamente. A língua desidratada ou a boca seca também podem ocorrer devido a alterações hormonais no organismo, infecções, doenças autoimunes como a síndrome de Sjögren e doença de Addison, e efeitos colaterais de certos medicamentos, radioterapia ou quimioterapia.

Se você tem uma língua desidratada, é vital manter os dentes protegidos dos efeitos da diminuição da produção de saliva. A falta de hidratação adequada na boca pode danificar as gengivas e os dentes, aumentando o risco de carregamentos e infecções. Por isso, é importante manter uma boa higiene bucal e fazer um check-up odontológico. Recomenda-se escovar regularmente e usar enxaguatórios bucais sem álcool e sem peróxido para tomar as medidas ou tratamentos adequados para evitar a desidratação da língua e da boca.

Leia também:

Especialista em Dor at | 425-968-1599 | [email protected]

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment