Cérebro

Cisto Pineal ou Cisto da Glândula Pineal: Causas, Sinais, Sintomas, Diagnóstico

O cisto pineal ou cistos da glândula pineal são sacos não-cancerosos preenchidos com fluido e existem na área da glândula pineal no cérebro. Pequenos cistos pineais têm 5 mm ou menos de tamanho e ocorrem comumente por acaso durante exames neurológicos. O cisto pineal ou o cisto da glândula pineal dificilmente causam qualquer sinal.

Maior cisto pineal ou cistos da glândula pineal são raramente encontrados, mas causam sintomas diferentes. Estes sintomas incluem:  dores de cabeça , visão singular e pressão alta no cérebro devido ao acúmulo excessivo de líquido cefalorraquidiano, que também é conhecido como hidrocefalia. A convulsão grave e a perda de consciência podem ser causadas por cistos pineais grandes ou cistos da glândula pineal que são sintomáticos. No entanto, as causas do cisto pineal ou cisto da glândula pineal que são sintomáticos não são descobertas.

O que é um cisto pineal ou cisto da glândula pineal no cérebro?

É uma glândula do sistema endócrino, que é pequena e encontrada no cérebro . Um cisto pineal ou cisto da glândula pineal é também um cisto benigno localizado na glândula pineal. Segundo a história, os corpos são cheios de líquido e têm 1 a 4 por cento de aparição em ressonância magnética ou ressonância magnética do cérebro. Além disso, são mais frequentes na morte e têm 21 a 41% de aparição em autópsias.

O que significa quando um cisto pineal ou cisto da glândula pineal é um “achado incidental”?

Isso significa que o cisto pineal ou cisto da glândula pineal não é susceptível de causar quaisquer sintomas, e não está relacionado com o que estava sendo verificado no exame cerebral por um médico.

Causas de cisto pineal ou cisto da glândula pineal

A principal causa de cisto pineal grande ou cisto de glândula pineal é desconhecida. No entanto, existe uma teoria que propõe que o grande crescimento de cisto pineal ou cisto de glândula pineal em mulheres jovens é contribuído por influências hormonais durante a gravidez ou a menstruação .

A outra teoria sugere que o crescimento sequencial do cisto pineal ou do cisto da glândula pineal é desencadeado por sangramento na área pineal. Um cisto pineal ou cisto da glândula pineal existente pode crescer e tornar-se assintomático devido à hemorragia na área pineal. Uma literatura de relatórios médicos registra um cisto pineal sintomático que avançou para o estágio secundário, devido a sangramento na área pineal.

A compressão envolvendo estruturas por um cisto causa a ocorrência de um grande cisto pineal ou cisto da glândula pineal. A compressão do aqueduto de sylvius, que é uma estrutura que facilita a passagem do excesso de líquido cefalorraquidiano, causa hidrocefalia. Caso a placa quadrigeminal esteja comprimida, ocorre a síndrome de parinaud.

Em outros casos, as células do plexo de coroides foram notadas no cisto pineal ou nos revestimentos da parede do cisto da glândula pineal. Acredita-se que as células façam parte do processo de fluxos iônicos, que causam o aumento de cistos pineais, atraindo água através de membranas semipermeáveis.

Sinais e Sintomas de Cisto Pineal ou Cisto da Glândula Pineal

As cefaléias são os principais sinais e sintomas ligados ao cisto pineal sintomático ou ao cisto da glândula pineal. As dores de cabeça podem ocorrer em três formas; dores de cabeça crônicas e instáveis; dores de cabeça a curto prazo, repetitivas e graduais, ou dores de cabeça persistentes. Os sintomas de cisto pineal ou cisto da glândula pineal ocorrem após a hidrocefalia ou devido à compressão de estruturas específicas no cérebro, em torno da área pineal.

Hidrocefalia condição é caracterizada pelo aumento da pressão no cérebro, como resultado do acúmulo excessivo de líquido cefalorraquidiano no crânio. Os sintomas da hidrocefalia incluem: dores de cabeça, vômitos , náuseas, convulsões, letargia e papiledema, uma condição na qual os discos ópticos acumulam quantidades excessivas de líquido aquoso.

Os afetados podem ter outros sintomas diferentes antes da compressão das estruturas ao redor da área pineal do cérebro. Os sintomas incluem: diplopia  que é visão dupla , visão turva , tontura , ataxia que é incapacidade de coordenar os movimentos voluntários e a síndrome de parinaud.

Raramente, alguns sintomas adicionais podem ocorrer. Esses incluem; síncope, que é perda de consciência , mudança no estado mental e sangramento no cisto pineal ou cisto da glândula pineal, que é conhecido como apoplexia pineal. A apoplexia pineal causou quatro mortes de pessoas com cisto pineal sintomático ou cisto da glândula pineal. Alguns casos de crescimento sexual verde em crianças estão ligados a cistos pineais.

Os distúrbios a seguir apresentam sintomas semelhantes aos sintomas de cisto pineal sintomático ou cisto da glândula pineal. No entanto, a comparação é útil para um diagnóstico diferencial:

Tumores na Região Pineal

Diferentes tumores que afetam a glândula pineal foram reconhecidos. Estes incluem: teratomas, germinomas, pineocitomas, gliomas, pinoeblastomas e coriocarcinomas. O cisto pineal sintomático ou cisto da glândula pineal faz com que os tumores da região pineal comprimam estruturas ao redor, levando a diferentes sintomas como: dores de cabeça, náuseas, anormalidades visuais, vômitos e aumento da pressão no cérebro devido ao acúmulo de líquido cefalorraquidiano em excesso. Outros tumores pineais aparecem como cisto pineal ou cisto da glândula pineal, tornando-os difíceis de distinguir do cisto pineal ou do cisto da glândula pineal, enquanto examinam os tecidos afetados com um microscópio.

Testes para diagnosticar cisto pineal ou cisto da glândula pineal

O diagnóstico de cisto pineal sintomático ou cisto da glândula pineal pode ser imaginado após uma avaliação clínica detalhada, histórico do paciente, reconhecimento de sintomas típicos e resultados de estudos específicos, principalmente tomografia computadorizada e ressonância magnética.

  • Tomografia computadorizada (ou computada) para diagnosticar cisto pineal ou cisto da glândula pineal: Durante a realização de uma tomografia computadorizada, um filme é criado para mostrar as imagens transversais da estrutura cerebral pelo uso de um computador e raios-X.
  • Ressonância magnética para o diagnóstico de cisto pineal ou cisto da glândula pineal: Ao usar a ressonância magnética, imagens de corte transversal do cérebro são formadas pelo uso de campo magnético e ondas de rádio.

É importante diferenciar cisto pineal sintomático ou cisto de glândula pineal de tumores pineais, pois alguns tumores pineais aparecem como cisto pineal ou cisto da glândula pineal, dificultando a distinção entre cisto pineal ou cisto de glândula pineal sem o uso de microscópio durante o exame. os tecidos afetados.

Leia também:

Especialista em Dor at | 425-968-1599 | [email protected]

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment