Cérebro

O que pode causar vazamento de líquido cefalorraquidiano e um vazamento de líquido cefalorraquidiano é grave?

O fluido espinhal que também é referido como líquido cefalorraquidiano ou LCR circunda o cérebro e actua como amortecedor de choques. Protege o cérebro e o sistema nervoso central de qualquer lesão. O líquido cefalorraquidiano também separa nutrientes do sangue e espalha-o pelo cérebro e pela espinha. Normalmente, o fluido espinhal está localizado em um local apenas solitário ao redor da base do crânio que desce pela espinha. O LCR é separado dos seios por um osso que impede a infiltração nos seios.

Às vezes, porém, o osso que atua como uma barreira entre o cérebro e os seios da face incorre em um dano devido a alguma lesão, trauma ou, em alguns casos, alguma condição médica como certas formas de tumores cerebrais. Isso resulta no vazamento do líquido cefalorraquidiano (CSF) para dentro dos seios do cérebro, causando o que é chamado de vazamento de líquido cefalorraquidiano ou vazamento de líquido cefalorraquidiano (LCR). Um indivíduo com um vazamento de líquido cefalorraquidiano (LCR) terá dores de cabeça persistentes, juntamente com a drenagem constante de um lado do nariz. Esta drenagem tende a piorar com qualquer tentativa de fazer qualquer atividade extenuante, como curvando-se para pegar alguma coisa.

Em alguns casos, a pressão intracraniana aumenta significativamente. Isso faz com que o líquido espinhal comece a se deteriorar nos seios e, finalmente, rompe a barreira e entra nos seios causando um vazamento no líquido cefalorraquidiano (LCR). Então, surge a pergunta: um vazamento no LCR é sério?

Um vazamento de líquido cefalorraquidiano é grave?

A resposta para essa pergunta é sim. Às vezes, pode ser grave o vazamento do líquido cefalorraquidiano (LCR). Isso ocorre porque quando ocorre vazamento de fluido espinhal, a barreira entre o cérebro e a cavidade nasal se rompe. Isso torna o cérebro mais vulnerável a infecções por bactérias e vírus que podem invadir a cavidade nasal por meio do nariz.

Uma infecção no cérebro é uma condição médica bastante séria e pode ter resultados catastróficos. A meningite é uma dessas condições em que o revestimento do cérebro fica infectado como resultado de um vazamento no líquido cefalorraquidiano (LCR). Essa condição pode fazer com que um indivíduo tenha um estado mental alterado, um torcicolo , com dores de cabeça persistentes e náusea.

Assim, é altamente recomendável que, se um indivíduo estiver em risco de vazamento de líquido cefalorraquidiano (LCR), esse indivíduo vá para a sala de emergência para uma checagem completa, a fim de decidir ou descartar um vazamento de líquido espinhal. No caso de um derrame de LCR ser diagnosticado, o tratamento imediato para corrigir esse vazamento deve ser realizado para evitar que o cérebro seja infectado como resultado do vazamento de líquido espinhal.

Especialista em Dor at | 425-968-1599 | [email protected]

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment