Saúde Mental

5 estratégias de auto-ajuda para lidar com a depressão

A depressão  é um transtorno do humor que está associado a um sentimento duradouro de infelicidade e desinteresse em realizar várias atividades. Também pode ser chamado de  depressão maior ou depressão clínica ou transtorno depressivo maior. Pode criar um desequilíbrio, que causará problemas físicos e emocionais, afetará vários sentimentos e a pessoa também poderá pensar e se comportar de maneira vaga. Você pode enfrentar dificuldades em completar todas as suas tarefas diárias e a depressão também pode fazer você se sentir inútil.

A depressão muitas vezes tira a esperança, a energia e o ímpeto que muitas vezes dificultam a pessoa se sentir melhor. Superar a depressão não é fácil e é um distúrbio que leva tempo para deixar o corpo e a mente. Você não pode esperar que uma pessoa saia da  depressão instantaneamente, mas o desequilíbrio pode ser controlado mesmo se os sintomas forem graves. O básico é começar com pequenas tarefas e você eventualmente chegará lá. Os sentimentos assumem uma postura melhor com o tempo e você pode fazer mudanças positivas em uma base diária.

Recuperação da depressão pode começar por definir metas pequenas que são mais fáceis de resolver. Recolha todos os recursos disponíveis e utilize-os para sobreviver a toda a situação. É verdade que a maioria dos pacientes deprimidos pode sentir-se esgotada ou corada, mas eles têm que cumprir os objetivos diários, como telefonar para seus entes queridos ou dar um passeio para limpar a cabeça.

Comece a lidar com as coisas gradualmente e não se esqueça de complementar-se depois de terminar as metas. Inicialmente, os objetivos podem parecer pequenos, mas com o tempo eles podem adicionar em suas tarefas diárias. Lembre-se, a quantidade de energia que você coloca para se recuperar da depressão, os resultados serão igualmente frutíferos.

Estratégia de auto-ajuda # 1 para lidar com a depressão

Concentre-se na construção de relacionamentos úteis:

Conseguir apoio suficiente, muitas vezes ajuda na luta contra a depressão e manter sua mente clara de todos os segundos pensamentos. Pode ser difícil para você gerenciar todas as metas e quando você tem alguém para assistência, pode ser mais fácil realizá-las. Bater depressão torna-se mais fácil quando você tem um ajudante ou seus entes queridos que cuidam de você. Lembre-se, a depressão só piora com a solidão e você deve fazer um esforço para ser socialmente ativo em todos os momentos.

Você pode ser sobrecarregado para chegar aos seus entes queridos para ajudar no combate à depressão. Você pode estar cansado demais para falar, sentir-se culpado e envergonhado por abandonar um relacionamento que compartilha com os outros. Tenha sempre uma mente sã de que esta é a fase da depressão e buscar ajuda não significa que a pessoa seja fraca ou esteja sobrecarregando os outros com seus problemas. As pessoas que você pede ajuda são seus entes queridos e você pode construir um grupo de apoio para confiar quando precisar.

  • Confie nos membros da família e amigos que são confiáveis. Compartilhe seus sentimentos e fale sobre as dificuldades que você está enfrentando. As pessoas com quem você está conversando devem ajudá-lo a sair da situação.
  • Tente ser socialmente ativo e, quando em depressão, estar em um grupo de pessoas geralmente ajuda. Eles podem ajudá-lo a se sentir menos deprimido em todos os momentos.
  • Faça parte de vários grupos de suporte. Você tem um longo caminho a percorrer para lidar com os pensamentos que estão incomodando sua mente devido à depressão. Confiando, compartilhando e apoiando os outros, você pode sair facilmente da mente perturbada.

Estratégia de autoajuda nº 2 para administrar a depressão

Confrontar sua mentalidade negativa:

Depressão muitas vezes traz os aspectos negativos e você pode pensar baixo de si mesmo, as situações que você enfrenta e as expectativas também. Esse loop pode ser facilmente quebrado, mantendo uma atitude positiva em relação à vida e retardando todos os pensamentos negativos. Este é o caminho certo para substituir os pensamentos negativos com os que são mais equilibrados.

A seguir estão algumas maneiras de enfrentar o pensamento negativo:

  • Aprenda a pensar fora da caixa. Continue se perguntando se alguém pensaria mal de você como você está pensando agora. Se você não encontrar uma resposta, nunca se force a fazer as coisas ou a pensar mal. Pense nas declarações que não são duras e descreva o lado realista de você.
  • É bom ser menos perfeito às vezes. Muitas pessoas que estão deprimidas muitas vezes desejam ser perfeitas em tudo o que fazem. Eles se mantêm de acordo com os mais altos padrões que estabeleceram para si mesmos. Quando ele ou ela não consegue encontrá-los, as chances são de que eles podem ser atingidos com depressão.
  • Envolva-se em várias atividades sociais com pessoas que tenham uma mentalidade positiva. Isso pode ajudá-lo a encontrar as idéias que pertencem a um lado positivo da vida. Mantenha um registro de todas as incidências menores que são frequentemente abordadas pelas pessoas de maneira mais fácil.
  • Registre seus pensamentos negativos. Manter um diário para instâncias que criaram uma solidão ou mantê-lo deprimido por um dia inteiro. Depois de um determinado período, você pode conectar os pontos e ver a aparência dos padrões, o que pode ajudar a lidar com eles.

Estratégia de autoajuda nº 3 para pacientes que lidam com depressão

Tome bom cuidado real de si mesmo:

Tomar o autocuidado é extremamente importante para superar a depressão. Isso geralmente envolve levar um estilo de vida saudável, gerenciando os estresses e seguindo um hábito saudável, além de ser socialmente ativo.

  • Objetivo para obter um sono profundo. Durma pelo menos oito horas por dia, pois isso pode ajudá-lo a manter seu humor de uma forma positiva. Projetar um horário de sono para adotar uma hora de dormir saudável.
  • Obter a luz do sol em uma base diária. Quando você não está tendo exposição suficiente à luz solar, você pode sofrer de depressão. Pegue uma xícara de café ao ar livre, tome uma refeição ao ar livre enquanto observa as pessoas brincando. Certifique-se de obter exposição solar suficiente por 15 minutos e use uma caixa de terapia de luz se você estiver vivendo em um lugar com pouca luz solar ou durante as estações de inverno.
  • Mantenha uma verificação constante dos níveis de estresse. O estresse pode desencadear depressão e piorar também. Tente aprender sobre as instâncias que o mantêm estressado e encontre maneiras de enfrentá-lo sem ser muito duro consigo mesmo. Quando em necessidade, você também pode fazer um plano.
  • Coloque técnicas de relaxamento em sua lista de prática diária. O relaxamento pode ajudar no controle dos desequilíbrios emocionais da depressão. Tente respiração profunda, ioga, meditação ou relaxamento muscular.
  • Animais de estimação podem ser antídotos para ajudar na recuperação da depressão. Cuidar do seu animal de estimação. Animais de estimação têm uma forte ligação emocional com o seu dono e, quando em necessidade, você também pode confiar em cuidar dos animais de estimação para grooming-los.

Estratégia de auto-ajuda # 4 para pessoas que lutam contra a depressão

Exercite-se regularmente:

É mais fácil falar do que fazer. Exercer enquanto está deprimido pode ser o último recurso para a maioria das pessoas que sofrem da condição. Vários estudos mostraram benefícios significativos de se exercitar regularmente. Pode ser tão útil quanto qualquer medicação antidepressiva. A fadiga, sentimentos deprimidos eventualmente reduzirão e os níveis de energia também serão elevados.

O método de trabalho exato do exercício em acalmar a corrida emocional não foi especulado. No entanto, observou-se que quando o corpo tem altos níveis de energia, pode dar origem a novas células no cérebro que aumentam a produção de endorfinas e neurotransmissores. Pode reduzir a tensão nos músculos e causar um impacto positivo no corpo.

Benefícios máximos podem ser obtidos pelo exercício de 30 minutos todos os dias. A rotina pode ser pequena e pode durar até no mínimo 10 minutos também. A seguir estão as maneiras fáceis de começar sua rotina de exercícios:

  • Opte por subir escadas em vez de usar elevadores
  • Escolha um local mais distante para estacionar seu carro
  • Passeie ou leve seu cachorro para uma longa caminhada
  • Encontre um parceiro para exercitar
  • Caminhe e fale enquanto estiver ao telefone em sua casa.

A idéia básica é encontrar uma tarefa que você mais ama e continuar por todo o dia para aumentar os níveis de energia.

Estratégia de auto-ajuda # 5 para tomar o controle de sua depressão

Tenha comida saudável e de bom humor:

Comer tem uma conexão indireta com sua mente. Tente seguir uma dieta balanceada composta por carboidratos, gorduras baixas, proteínas, muitos legumes e frutas. Evite consumir alimentos que possam criar um desequilíbrio entre o corpo e a mente. Isso envolve álcool, gorduras saturadas, cafeína e gorduras trans.

  • Nunca pule nenhuma refeição. Evitar uma refeição pode levar à irritabilidade e fazer com que você se sinta cansado. Certifique-se de comer uma pequena porção de comida a cada três horas.
  • Reduza o consumo de carboidratos refinados e açúcar. Estes alimentos podem causar um impacto negativo no seu humor e é melhor evitá-los às vezes.
  • Coloque o estresse no consumo de carboidratos complexos. O nível de serotonina no cérebro pode aumentar comendo alimentos como pães integrais, aveia, macarrão e batatas assadas.
  • Aumentar o teor de vitamina B na sua dieta. Deficiências em vitamina B-12 e ácido fólico podem desencadear os episódios de depressão. Coma vegetais folhosos, feijão, ovo, frango e suplementos vitamínicos.
  • Experimente alimentos ricos em nutrientes. Bananas têm magnésio, vitamina B6 que ajuda a reduzir a depressão e faz você se sentir mais ativo. Também coma arroz integral e espinafre para aumentar os níveis de magnésio para reduzir a agitação, bem como promover o sono.
  • Inclua suplementos de cromo à sua dieta diária. Isso pode ajudar a aliviar as oscilações de humor, desejos por carboidratos e ajudar a controlar os níveis de depressão de maneira eficiente.
Especialista em Dor at | 425-968-1599 | [email protected]

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment