O óleo de amêndoa é bom para cabelos?

Desde muito tempo, o óleo de amêndoa tem sido amplamente utilizado por seus enormes benefícios à saúde e também como um auxílio à beleza. Entre todos os benefícios do óleo de amêndoa, um dos principais benefícios é para os cabelos. Informe-nos aqui sobre os benefícios do óleo de amêndoa para os cabelos e saiba como é bom para os cabelos.

Sim, o óleo de amêndoa é carregado com vitamina E, proteínas, ácidos graxos monoinsaturados, potássio e zinco, juntamente com vários outros minerais e vitaminas que o tornam tão bom para a saúde dos cabelos quanto para a saúde da pele e do coração . As vitaminas do óleo de amêndoa aumentam o crescimento e a força do cabelo e dão mais brilho. Existem vários outros benefícios para a saúde capilar do óleo de amêndoa, discutidos abaixo.

  1. Benefícios do óleo de amêndoa na promoção de cabelos longos e saudáveis:

    É sabido que, usando óleo de amêndoa regularmente, você pode ajudar seu cabelo a melhorar seu brilho e textura. O óleo de amêndoa, carregado com magnésio, evita uma queda maior do cabelo. É, portanto, usado em muitos produtos para os cabelos.

    O que você precisa fazer é aplicar o óleo de amêndoa 1 ou 2 vezes por semana, para hidratar o couro cabeludo. Para obter melhores resultados, massageie o couro cabeludo com óleo de amêndoa, molhe uma toalha em água quente e envolva-a na cabeça. Isso ajudaria você a reduzir a queda de cabelo e também melhoraria a qualidade do cabelo.

  2. O óleo de amêndoa ajuda você a se livrar das pontas duplas:

    Cabelo saudável não é, obviamente, um bom sinal. No entanto, poluição e sujeira e sua agenda lotada pioram. Massagear seu cabelo e couro cabeludo regularmente com óleo de amêndoa também pode evitar pontas duplas.

    Você pode misturar óleo de amêndoa, azeite e  mamona em proporções iguais e massagear seu cabelo com isso pelo menos duas vezes em uma semana e sentir a diferença. Embora todo esse óleo ajude a promover o crescimento do cabelo, o óleo de amêndoa contém especificamente vitaminas, antioxidantes e minerais essenciais que restauram e rejuvenescem os folículos capilares.

  3. Óleo de amêndoa ajuda a se livrar da caspa:

    Se a caspa estiver preocupando ou irritando você, é hora de fazer uma massagem na cabeça com óleo de amêndoa quente. O óleo de amêndoa ajuda efetivamente na cura da caspa, removendo as células mortas. Também nutre o cabelo. Sendo um ótimo emoliente, o óleo de amêndoa limpa a pele e remove as células mortas e ajuda a se livrar da caspa.

    Você pode aplicar uma mistura de óleo de amla e amêndoa no cabelo e deixar por 30 minutos. Em seguida, lave o cabelo para suavizar o couro cabeludo e garantir que você tenha cabelos sem caspa.

  4. Uso de óleo de amêndoa como substituto de intensificadores de brilho e condicionadores leave-in:

    Toda vez que você lava o cabelo, pode massagear suavemente com algumas gotas de óleo de amêndoa. Isso condicionará seu cabelo e o manterá macio, brilhante e hidratado. A textura leve do óleo de amêndoa faz dele um ótimo substituto para intensificadores de brilho ou condicionadores leave-in. Por causa de muitos ácidos graxos essenciais e teor de vitamina E no óleo de amêndoa; tem propriedades hidratantes incríveis.

  5. Benefícios do óleo de amêndoa no tratamento da inflamação do couro cabeludo:

    O óleo de amêndoa também é conhecido por ser benéfico no tratamento da inflamação do couro cabeludo. Como nosso couro cabeludo é frequentemente exposto ao calor, poeira, poluição e produtos químicos para penteados, é mais propenso a inflamações. Esta inflamação do couro cabeludo, se não tratada, pode causar casos agudos de queda de cabelo e caspa. Agora, massagear seu couro cabeludo com óleo de amêndoa pode ser a solução aqui. Sendo carregado com ácidos graxos, o óleo de amêndoa hidrata e amacia os tecidos do couro cabeludo e também melhora a circulação sanguínea. Isso também alivia a inflamação no couro cabeludo.

Leia também:

Especialista em Dor at | 425-968-1599 | [email protected]

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment