Pressão sanguínea

Você pode obter tontura de pressão alta?

Muitas vezes denominado como hipertensão, a pressão alta tornou-se cada vez mais a doença mais comum. Segundo estimativas, cerca de 1,2 bilhão de pessoas têm pressão alta. A razão para a hipertensão arterial é numerosa. E a pior parte, não mostra sinais de crescimento. Portanto, recebeu o apelido – o assassino silencioso. A hipertensão arterial cresce com o tempo e, com frequência, alguns sintomas passam despercebidos, pois os médicos os associam a outras doenças subjacentes.

A pressão sanguínea de um indivíduo nunca permanece a mesma durante um dia inteiro. Ele flutua em momentos diferentes. Os fatores para a variação incluem alimentos, atividade física, peso, estresse e saúde geral. Portanto, é vital anotar as leituras em diferentes momentos do dia antes de se dirigir para consulta.

Você pode obter tontura de pressão alta?

A hipertensão arterial causa tontura . Como a ocorrência é devida a vários fatores, encontrar o motivo exato é necessário para decidir o tratamento. Quando o valor é alto ao longo do dia e é consistente, consultar um médico é útil para encontrar a causa e dar o próximo passo.

Sentir tontura é uma das queixas comuns em idosos. Embora o motivo não seja devido a qualquer condição com risco de vida, ter cuidado é essencial para evitar acidentes e ferimentos.

Ignorar o sintoma não é a solução, pois leva a acidentes graves às vezes. O pior é que o sintoma em si se torna uma ameaça à vida. Se você sentir tontura, então é preferível descansar e consumir água ou suco de laranja. Se o sintoma continuar por mais tempo, é hora de procurar uma emergência médica.

O sistema nervoso ajuda a regular o fluxo sanguíneo quando você se levanta do repouso. Devido ao envelhecimento ou doença subjacente, o sistema se deteriora, tornando difícil para o sistema nervoso regular o fluxo sanguíneo. Devido a isso, você experimentará uma queda súbita da pressão arterial, denominada hipotensão ortostática, que resulta em tontura. Pode ocorrer como um efeito colateral a longo prazo. No entanto, os medicamentos estão disponíveis para tratar o mesmo. Como o medicamento e o nível de dosagem mudam, é essencial visitar o médico.

Tratar a pressão arterial elevada

Abordar a pressão arterial elevada requer uma análise aprofundada da sua ocorrência. A variação nos níveis de pressão arterial muitas vezes muda e devido a vários fatores. Portanto, estabelecer evidências concretas é essencial para iniciar o tratamento.

O tratamento envolve o uso de medicamentos, juntamente com modificações no estilo de vida e seguindo uma dieta específica. As modificações simples do estilo de vida incluem o programa de controle de peso, incluindo exercícios, parar de fumar, reduzir o consumo de álcool e comer uma dieta com baixo teor de gordura ou outro programa de dieta prescrito pelo nutricionista.

A hipertensão arterial ocorre devido a alguns fatores modificáveis, como o discutido no parágrafo acima e devido a fatores não modificáveis, como o envelhecimento. Fatores modificáveis ​​ajudarão a reduzir a pressão alta para os valores médios. Além disso, ajudará a manter uma boa saúde. Consultor médico nesta fase será útil para decidir se deve continuar a tomar os medicamentos ou parar. Se o médico optar por continuar com a medicação, haverá uma diminuição no nível de dosagem.

Para fatores não modificáveis, fazer mudanças no estilo de vida é bom. No entanto, pular medicamentos não é uma boa idéia, pois pode complicar as coisas. Isso é especialmente verdadeiro para os idosos.

Causas da pressão alta

A razão por trás do desenvolvimento da pressão alta é numerosa. Várias coisas desempenham um papel vital no desenvolvimento de pressão alta. A seguir estão alguns fatores comuns:

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment