Aorta

O que é um aneurisma da aorta torácica descendente?

O tipo descendente de aneurisma da aorta torácica refere-se a fraqueza e abaulamento na parede de uma aorta torácica descendente, isto é, a artéria permanece presente na porção posterior da cavidade torácica do indivíduo. Aorta é o maior vaso sanguíneo dos seres humanos e é responsável por entregar sangue do coração de uma pessoa para várias outras partes do corpo. Tipo descendente de aneurisma da aorta torácica pode causar explosão, que um problema com risco de vida está resultando em uma hemorragia descontrolada.

A maior parte do aneurisma da aorta torácica geralmente se desenvolve em ritmo lento com o tempo e pode permanecer em estado assintomático até e a menos que causem qualquer vazamento ou possam se romper. Muitas vezes, o médico identifica o problema sempre que você se submeter a uma radiografia ou tomografia computadorizada para qualquer outro problema de saúde. Sempre que ocorre ruptura do aneurisma torácico, os pacientes geralmente lidam com dores nas costas ou no peito.

Mesmo alguns indivíduos podem enfrentar dificuldade em respirar ou perder a consciência. Em casos raros, os aneurismas crescem para se tornarem grandes ou exercem pressão sobre nervos específicos, tubulações de alimentos ou vias aéreas. Assim, por causa do aneurisma da aorta torácica, os indivíduos lidam com vários problemas, que incluem chiado , rouquidão e dificuldade para engolir alimentos.

Aneurismas da aorta torácica Causas

Fatores, que podem causar o problema do tipo descendente de aneurisma da aorta torácica são-

  • Fraqueza congênita das paredes presentes em uma artéria
  • Aterosclerose ou formação de substâncias gordas
  • Fraqueza da parede da artéria
  • Rasgando de qualquer parede arterial
  • Trauma físico
  • História da família associada ao problema

Aneurisma da aorta torácica descendente diagnosticar

Se você é um paciente com aneurisma da aorta torácica descendente, você normalmente lidará com uma dor incômoda ou uma dor intensa nas áreas de tórax, abdômen, região lombar e virilha, além de dor súbita no abdômen ou na região dorsal. Para isso, especialistas diagnosticam os pacientes seguindo uma série de vários testes, que incluem

Tratamentos disponíveis para aneurisma da aorta torácica descendente

Você deve consultar o seu médico para escolher um tipo específico de método de tratamento, que se adapte perfeitamente às suas necessidades.

Monitoramento rigoroso da condição: O seu médico pode recomendar-lhe para ser submetido a exames regulares para verificar a taxa de crescimento e o tamanho do aneurisma da aorta torácica descendente formado e, assim, determinar a necessidade do tratamento cirúrgico.

Variações do estilo de vida: O seu médico pode recomendar a introdução de algumas mudanças no seu estilo de vida diário. Estes incluem parar de fumar, controlar seus níveis de açúcar no sangue, seguir uma dieta com baixo teor de gordura para reduzir os níveis de colesterol e, assim, impedir o crescimento do aneurisma da aorta torácica descendente.

Medicina: A medicina tem um papel primordial para reduzir os níveis de colesterol e a pressão alta dos indivíduos.

Procedimento Cirúrgico: Os cirurgiões podem optar por reparar o problema do aneurisma da aorta torácica descendente, usando uma endoprótese. Eles inserem esse enxerto dentro da aorta através da artéria presente na perna do paciente. Em alguns casos, a cirurgia aberta que envolve a realização de grande incisão no tórax do paciente torna-se essencial para o reparo do aneurisma por meio da substituição do mesmo com a ajuda de um tipo artificial de vaso sanguíneo.

Por outro lado, o reparo de endoprótese em caso de aneurisma da aorta torácica descendente torna-se essencial quando o risco relacionado à operação é relativamente baixo do que no caso de um reparo aberto. No entanto, os médicos devem considerar a idade de um paciente, sintomas, comorbidades, diâmetro da aorta, expectativa de vida, extensão e outras características de um aneurisma, bem como suas zonas de aterrissagem para chegar à decisão correta.

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment