Nervo comprimido no tornozelo: causas, sintomas, tratamento, exercícios

Um nervo comprimido no tornozelo é uma das formas mais simples de descrever a síndrome do túnel do tarso (TTS). No entanto, esta condição não é de forma simples. Síndrome do túnel do tarso ou nervo comprimido no tornozelo é uma condição séria que tem múltiplos sintomas, várias causas e métodos variados para diagnóstico e tratamento. Este artigo lida em profundidade com o nervo comprimido no tornozelo, suas causas, sintomas, tratamento e exercício com medidas de fisioterapia.

Tendo em conta que qualquer pessoa corre o risco de desenvolver um nervo comprimido no tornozelo, vale a pena conhecer a condição e as medidas preventivas e de reabilitação.

Um nervo comprimido no tornozelo, que é chamado de síndrome do túnel do tarso ou neuralgia tibial posterior; é uma condição na qual o nervo tibial é submetido à compressão à medida que atravessa o túnel do tarso. O túnel do tarso está localizado ao longo da perna interna e atrás do inchaço inchado no interior do tornozelo e o nervo tibial dentro deste túnel é vulnerável a danos devido à compressão causada por vários fatores. Essa compressão do nervo tibial e os sintomas desconfortáveis ​​resultantes dele; é a essência do nervo comprimido no tornozelo. Qualquer dano ou compressão no nervo tibial não é visível a olho nu; Assim, torna-se imperativo reconhecer os sintomas da síndrome do túnel do tarso. Vamos discutir em detalhes sobre o nervo comprimido no tornozelo, suas causas, sintomas, tratamento, exercícios e medidas de fisioterapia.

O que causa nervo comprimido no tornozelo?

Existem múltiplas causas de nervos comprimidos no tornozelo, que incluem os seguintes

  • Pés gravemente achatados que comprimem o nervo tibial
  • Formações ósseas e benignas no interior do túnel do tarso podem causar nervos comprimidos no tornozelo
  • Varizes se concentram em torno do nervo tibial causando compressão neste nervo
  • Lipomas causando compressão no nervo tibial, resultando em nervo comprimido no tornozelo
  • Lesão e trauma na região do tornozelo, causando nervo comprimido no tornozelo
  • Diabetes aumenta o risco de nervo comprimido no tornozelo devido à compressão do nervo tibial

Quais são os sintomas do nervo comprimido no tornozelo?

Como mencionado anteriormente; muitas pessoas ao redor do mundo sofrem do nervo comprimido no tornozelo e essa condição resulta em vários sintomas variados. Os sintomas podem ser leves ou pronunciados, dependendo de quanto a condição progrediu. Dor e desconforto são mais pronunciados quando se está de pé, andando ou correndo. No entanto, muitas pessoas que sofrem de nervo comprimido em adultos por um longo período de tempo; relate desconforto e dor mesmo dormindo ou descansando. Muitos pacientes relatam o início gradual dos sintomas, enquanto outros experimentam dor e desconforto quase imediatos.

Os sintomas do nervo comprimido no tornozelo ou síndrome do túnel do tarso são os seguintes.

  • Dor aguda nos tornozelos e na base dos pés; incluindo os saltos
  • Sensações de formigamento ao redor dos tornozelos; mais frequentemente descrita como a variação de “desconforto e agulhas” do desconforto físico
  • Choque elétrico como sensações
  • Queimando e queimando dores ao longo dos pés

Qual é o tratamento para o nervo pinçado no tornozelo?

O tratamento do nervo comprimido no tornozelo pode ser feito em casa, em casos leves, com o método RICE, que envolve repouso, congelamento, compressão e elevação do tornozelo afetado. Este método oferece alívio imediato e pode proteger contra mais danos. Além disso, exercícios terapêuticos para nervos comprimidos no tornozelo e fisioterapia podem ser úteis.

Esteróides prescritos pelo médico

Às vezes, injeções de esteróides podem até ser prescritas por um médico para reduzir o inchaço e a dor. Este também é um tratamento comumente usado para o nervo comprimido no tornozelo. Sapatos personalizados que fornecem acolchoamento e apoio ao tornozelo afetado ou imobilização do pé afetado com talas e aparelhos para limitar o movimento; também pode ser aconselhado por um médico.

Cirurgia para nervo comprimido no tornozelo

Em alguns casos, um procedimento cirúrgico para aliviar o nervo tibial da pressão torna-se necessário. Esta cirurgia minimamente invasiva gira em torno de liberar o ligamento e aliviar o nervo. Cirurgia para nervo comprimido no tornozelo pode ser necessária apenas em alguns casos que são graves ou aqueles que não respondem ao tratamento convencional.

Exercícios para o nervo comprimido no tornozelo

Como a maioria das lesões; a recuperação do nervo comprimido no tornozelo é acelerada com exercícios e fisioterapia. Exercícios para nervos comprimidos no tornozelo podem ajudar na recuperação mais rápida e proteger de mais lesões. Tais exercícios são melhor realizados sob a supervisão de um fisioterapeuta qualificado que enfatizará exercícios que fortaleçam o tibial posterior (um dos mais importantes tendões dos membros inferiores) e os músculos peroneais (grupo de músculos da perna).

Alguns dos exercícios mais eficazes para o nervo comprimido no tornozelo incluem:

Exercício de Inversão do Tornozelo com Resistência Aplicada – Este exercício envolve sentar em uma cadeira com os pés plantados no chão. Uma vez atingida essa postura, o fisioterapeuta aplicará pressão no pé afetado, puxando-o para fora; enquanto o paciente vai lutar contra a resistência e puxar os pés para dentro e, por sua vez, flexionar e fortalecer o tornozelo. A contração é geralmente realizada por 5 a 10 segundos e este treino é repetido 5 a 10 vezes.

Treino de Inversão de Tornozelo com Banda de Resistência – Este treino requer a disponibilidade de uma banda de resistência. O paciente tem o pé afetado preso a uma faixa de resistência enquanto a outra extremidade está presa a um ponto estacionário. O paciente então tenta flexionar o pé afetado para dentro, indo contra a resistência da banda. Este treino é melhor repetido 10 a 20 vezes desde o início até a posição final do pé afetado.

Andando no calcanhar e dedo do pé – Simples andando sobre os calcanhares com os dedos apontados para cima; seguido de plantar os dedos no chão com os calcanhares apontados para cima; no final de cada passo dado, é um ótimo exercício para o nervo comprimido no tornozelo.

Em conclusão; o prognóstico do nervo comprimido no tornozelo costuma ser bom quando detectado a tempo. Retardar o tratamento pode levar a mais danos do nervo tibial e agravamento dos sintomas a um ponto em que a caminhada é difícil e a dor e o desconforto são quase constantes. Com o conhecimento das causas, sintomas, tratamento e exercícios do nervo comprimido no tornozelo, será mais fácil procurar aconselhamento médico oportuno.

Leia também:

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment