Dor No Peito

Qual é o período de recuperação da miocardiopatia do estresse?

A cardiomiopatia do estresse refere-se à síndrome do coração partido e indica uma condição de saúde, na qual o estresse físico ou emocional intenso pode causar fraqueza severa e rápida nos músculos do coração, comumente conhecidos como cardiomiopatia.

Na verdade, é uma condição com risco de vida, seguida por vários estressores emocionais, como medo, tristeza (morte de qualquer pessoa amorosa), surpresa e raiva extrema. Pode até mesmo ocorrer seguindo vários estressores físicos para o corpo. Estes incluem convulsões, derrame e dificuldade em respirar, como enfisema ou crise de asma e sangramento significativo.

A cardiomiopatia do estresse tem sintomas mais ou menos semelhantes, como você encontra em caso de ataque cardíaco. Esses incluem-

Tratamento para Cardiomiopatia do Estresse

A cardiomiopatia por estresse pode às vezes se tornar uma condição com risco de vida em alguns dos casos. Desde que a síndrome tem fraqueza severa dos músculos do coração, os pacientes sofrem de pressão arterial baixa, insuficiência cardíaca congestivae anormalidades com risco de vida do ritmo cardíaco. No entanto, a coisa positiva neste caso é que a condição de uma pessoa melhora em pouco tempo.

Tratamentos Básicos

Cuidado pré-hospitalar: Como o problema da síndrome do coração partido ou da cardiomiopatia do estresse mimetiza a síndrome coronariana aguda, os médicos inicialmente prestam atendimento pré-hospitalar aos pacientes. Nesse caso, os médicos seguem protocolos específicos estabelecidos para avaliar e transportar pacientes com síndrome coronariana aguda ou dor torácica.

Atendimento hospitalar: Uma vez concluído o diagnóstico do problema e os médicos confirmarem o problema da síndrome do coração partido em pacientes, eles serão submetidos ao serviço de cardiologia apropriado. Opções de tratamento, neste caso, são altamente empíricas, bem como de apoio. Inicialmente, os médicos prescrevem os medicamentos beta-bloqueadores aos seus pacientes e, ao mesmo tempo, recomendam estudos de imagens seriadas para pacientes. Por outro lado, os pacientes que lidam com o problema do VE, ou seja, o problema do trombo ventricular esquerdo, devem ser submetidos a um tratamento anticoagulante.

Atendimento ambulatorial: Além de medicamentos, os pacientes devem ser submetidos a ecocardiogramas seriados para garantir a resolução da cardiomiopatia do estresse. Além disso, os pacientes necessitam de acompanhamento rigoroso e cuidados adequados com os cardiologistas durante as semanas após o processo de diagnóstico. Junto com isso, você deve ir para o acompanhamento clínico anual, pois os médicos ainda não estão cientes da história natural e dos efeitos a longo prazo do problema.

Transferência e Consulta

Consulta com seu cardiologista é muito essencial, em que eles recomendam para a angiografia coronária como o principal diagnóstico relacionado à síndrome do coração partido. Os pacientes também precisam ser transferidos para qualquer hospital com um cardiologista, bem como qualquer laboratório de cateterismo cardíaco.

Cuidado de emergência

Se os pacientes que sofrem de cardiomiopatia do estresse continuarem a manifestar o problema da síndrome crônica aguda, os médicos recomendam os seguintes medicamentos sob cuidados de emergência.

  • Nitratos
  • Bloqueadores beta
  • Nitratos
  • Enoxaparina ou heparina
  • Aspirina
  • Inibidores de glicogênio plaquetário
  • Clopidogrel
  • Morfina

Por outro lado, os pacientes que lidam com ICC, ou seja, Insuficiência Cardíaca Congestiva, requerem diuréticos e aqueles com choques cardiogênicos requerem agentes inotrópicos e ressuscitação de fluidos IV.

Qual é o período de recuperação da miocardiopatia do estresse?

O prognóstico em longo prazo de vários pacientes que lidam com o problema da cardiomiopatia do estresse mostrou-se excelente. O coração de uma pessoa, assim, retorna à sua condição normal dentro de poucas semanas ou até um mês sem causar danos permanentes.

A maioria dos pacientes com síndrome do coração partido ou cardiomiopatia do estresse obteve sucesso na recuperação completa em um período de apenas um mês. Por isso, é essencial que você consulte o seu médico sobre o período de recuperação, para o qual você deve continuar com os medicamentos após a recuperação.

Especialista em Dor at | 425-968-1599 | [email protected]

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment