6 exercícios que são bons para os joelhos artríticos

A artrite é uma condição articular dolorosa muito comum em todo o mundo. As formas mais comuns de artrite são artrite reumatóide (AR) e osteoartrite (OA). Ambos os tipos causam principalmente dor no joelho. Embora possa parecer contraintuitivo, exercitar regularmente um joelho com artrite pode realmente diminuir e até aliviar os sintomas artríticos como dor, inchaço e rigidez. É importante saber quais exercícios são bons para os joelhos artríticos.

O exercício é importante para o joelho com artrite, pois ajuda a manter toda a amplitude de movimento da articulação e fortalece os músculos que ajudam a articulação a absorver o choque e apoiar a articulação. Não é preciso exercitar-se muito para obter esses benefícios. Na verdade, os exercícios suaves e de baixo impacto são os melhores para a artrite do joelho, pois minimizam o estresse na articulação, aumentando sua força e flexibilidade.

Quer saber quais exercícios são bons para os joelhos artríticos? Bem, os exercícios ideais para o joelho são aqueles que podem ser feitos em casa ou mesmo durante as pausas no escritório. Eles são eficazes, fáceis e convenientes e não requerem nenhum equipamento especial. Estes exercícios devem ser feitos lentamente e o número de repetições deve ser aumentado gradualmente à medida que os músculos se tornam mais fortes. Alguns exercícios leves de alongamento devem ser feitos no final da sessão de exercícios para evitar o aperto dos músculos. É melhor exercitar os joelhos todos os dias para descansar os músculos doloridos.

Alguns dos exercícios mais eficazes, que são bons para os joelhos artríticos, incluem:

# 1. Aumento da perna mentirosa

Este exercício ajuda a fortalecer o quadríceps, que são os grandes músculos na frente das coxas que se ligam às articulações do joelho. Este é um dos exercícios mais simples e eficazes para os joelhos com artrite. Para realizar um aumento de perna, é preciso ficar deitado de costas no chão ou na cama com os braços nas laterais e dedos dos pés para cima. Eles precisam manter a perna reta e apertar os músculos das pernas, levantando-a lentamente vários centímetros. Eles também devem apertar os músculos do estômago para empurrar a parte inferior das costas para baixo. Esta posição deve ser mantida por 5 segundos antes de abaixar suavemente a perna. Todo o movimento deve ser repetido 5 vezes antes de trocar as pernas.

# 2. Estiramento de isquiotibiais

Este exercício fortalece e alonga os isquiotibiais que são músculos na parte de trás da coxa que se conectam aos joelhos. Para alongamento dos tendões, o performer precisa deitar-se no chão ou na cama com ambas as pernas flexionadas. Eles precisam levantar lentamente uma perna dobrada e trazer o joelho de volta para o peito. Suas mãos devem estar ligadas atrás da coxa, e não o joelho, enquanto a perna é gradualmente endireitada para cima. A perna reta deve ser puxada de volta para a cabeça até que o alongamento seja sentido. Essa postura deve ser mantida por 30 a 60 segundos, e então o joelho deve ser flexionado lentamente e a perna abaixada de volta ao chão. Este trecho deve ser realizado uma vez em cada perna. Este também é um exercício muito bom para os joelhos artríticos.

# 3. Meio agachamento

O meio agachamento faz com que os músculos da frente e de trás da coxa e do glúteo sejam fortes. Para meio agachamento, é preciso ficar de pé com os pés afastados e esticar os braços para a frente. Eles devem, então, lentamente, dobrar os joelhos até que estejam em posição semi-sentada. Uma cadeira pode ser mantida para equilíbrio, se necessário. Ao realizar o exercício, o indivíduo deve manter as costas retas e o peito erguido e evitar inclinar-se para a frente. Com os pés no chão, eles devem manter essa postura por cerca de 5 segundos e, em seguida, retornar gradualmente para a posição em pé. Meios agachamentos são muito eficazes para construir a força dos músculos que sustentam o joelho e são certamente um dos exercícios considerados bons para os joelhos artríticos. No entanto, deve ser realizado com cuidado e somente quando não houver dor aguda no joelho.

# 4. Mergulho de uma perna

Este exercício fortalece os músculos das nádegas e da frente e de trás das coxas. Um mergulho de perna é realizado em pé entre duas cadeiras de costas para costas estáveis. Estas cadeiras devem ser seguradas suavemente para o equilíbrio. Em seguida, uma perna deve ser levantada para cerca de 12 centímetros acima do chão e estendeu na frente. Mantendo as costas retas, a outra perna deve ser dobrada lentamente e o corpo abaixado alguns centímetros, como se estivesse sentado em uma cadeira. Deve-se assegurar que a perna levantada não cruze o nível da perna dobrada. Esta posição deve ser mantida por 5 segundos antes de se endireitar novamente. Todo o movimento deve ser repetido com a outra perna. Inicialmente, um conjunto de quatro afundamentos de pernas para ambas as pernas deve ser feito, e isso deve ser trabalhado lentamente até três conjuntos.

# 5. Estiramento da perna

O estiramento da perna ajuda a fortalecer o quadríceps e é muito bom para joelhos com artrite. No alongamento da perna, é necessário sentar-se no chão com as duas pernas estendidas para fora. As mãos devem ser mantidas em cada lado dos quadris para estabilidade, com as costas retas. Então, um joelho deve ser flexionado lentamente até sentir um alongamento, mas não deve causar dor. A perna deve ser mantida por 5 segundos nesta posição antes de lentamente endireitá-la o máximo possível e segurá-la novamente por 5 segundos. Este exercício deve ser repetido 10 vezes antes de trocar as pernas.

# 6. Alguns outros exercícios de joelho

Andar a pé é um dos exercícios considerados bons para os joelhos artríticos. Este é um exercício de baixo impacto, que ajuda a fortalecer os músculos e construir ossos. Deve-se começar andando devagar por uma curta distância, se os joelhos forem doloridos e, em seguida, aumentar gradualmente o ritmo e a distância percorrida, se a saúde permitir. Caminhar é melhor feito usando calçados esportivos bons e resistentes. Exercícios aquáticos ou andar no lado raso de uma piscina também são excelentes para aumentar a força muscular e aumentar a flexibilidade do joelho. Exercícios ou movimentos aqua são muito bons para os joelhos artríticos. Como o corpo é flutuante na água, o impacto é reduzido a quase zero, enquanto o indivíduo é levado a trabalhar um pouco mais para se mover.

Coisas para lembrar

É benéfico colocar o pacote de calor úmido no joelho com artrite durante 20 minutos antes de iniciar os exercícios. Recomenda-se que as pessoas com artrite no joelho pratiquem exercício moderado por pelo menos 30 minutos por dia, durante cinco dias por semana. Eles podem até dividi-lo em três sessões de 10 minutos por dia, para obter os mesmos benefícios. A mobilidade é certa para melhorar e dor diminuiu dentro de 4 a 6 semanas.

Calor acalma o joelho, traz o sangue para a superfície, reduz a rigidez e alivia a dor. Os medicamentos para a dor, se necessário, devem ser tomados em torno de 45 minutos antes do exercício para maior controle da dor durante o exercício. Após o exercício, a bolsa de gelo deve ser aplicada no joelho dolorido por cerca de 10 a 15 minutos. Isso ajuda a diminuir o inchaço causado pelo exercício, para aliviar e aliviar a dor também.

Exercícios regulares são bons para os joelhos artríticos e é normal sentir desconforto leve durante o exercício e dor leve no dia após o exercício. Mas se houver inchaço, dor ou rigidez grave, é aconselhável parar de exercitar a articulação afetada e consultar um médico sem demora.

Leia também:

Especialista em Dor at | 425-968-1599 | [email protected]

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment