Como se dissemina o tifo epidêmico e qual é o período de incubação do tifo epidêmico?

O tifo epidêmico é um tipo de febre transmitida por piolhos encontrados no corpo humano chamado Pediculus humanus corporis. Também é encontrado para ser transmitido por pulgas. Na história, esta doença foi comumente disseminada após uma guerra ou após um desastre natural. Este artigo discute sobre como o tifo epidêmico se espalha e qual é o período de incubação do tifo epidêmico.

O tifo epidêmico é também chamado de tifo transmitido por piolhos. A infecção se espalha através do contato com piolhos infectados. Pode se espalhar de uma pessoa para outra, especialmente em lugares superlotados, resultando em uma epidemia. 1

O tifo epidêmico é causado por um cocobacilo chamado Rickettsia prowazekii. As duas palavras no nome vieram de dois cientistas, um chamado HT Ricketts e o outro de Stanislaus von Prowazek. Como nos piolhos do corpo humano espalham essa doença, esses piolhos são chamados de vetores. Rickettsia prowazekii vive no epitélio do intestino do piolho. Ela cresce e se multiplica no próprio intestino. Depois de crescer completamente, explode no trato gastrointestinal. Nesta fase o piolho morre. Pode levar de 5 a 7 dias para esse processo. Este é o único organismo nos gêneros de Rickettzia que mata o vetor e o outro organismo deste gênero em particular não mata seu vetor.

Verifica-se que as bactérias no piolho morto são viáveis ​​e são capazes de causar a doença, mesmo depois de vários meses. Também está presente nas fezes dos piolhos e é capaz de causar a doença mais tarde também. Ambos mordem a pele de humanos e entram ou então é mais fácil para o micróbio entrar se já houver uma ferida. Mesmo uma infecção latente chamada BZD (doença de Brill Zinsser) também pode ser causada por este micróbio após vários anos ou décadas.

O tifo epidêmico pode se espalhar pelo contato direto e pela transmissão de roupas de cama infectadas, roupas e outros itens de uso pessoal. A taxa de infecção é maior nos casos de higiene pessoal precária, falta de acesso a roupas limpas e superlotação, o que pode disseminar o tifo epidêmico através do contato físico. 2

Qual é o período de incubação do tifo epidêmico?

Ao tentar descobrir maneiras de controlar a disseminação e tratar o tifo epidêmico, é importante saber como ele se apresenta. Então, qual é o período de incubação do tifo epidêmico? Vamos entender isso.

Na verdade, os sintomas não são expressos imediatamente após morder o micróbio. Este período é chamado período de incubação. O período de incubação do tifo epidêmico é de uma a duas semanas, com a maioria das infecções se apresentando depois de dez a quatorze dias. 3 Os primeiros sintomas do tifo epidêmico são febre alta, que pode durar duas semanas com dor de cabeça intensa, tosse seca e dor no corpo. Uma erupção vermelha típica aparece no tronco e se espalha perifericamente.

Aqui estão algumas das características clínicas importantes do tifo epidêmico

Geralmente os sintomas são vistos de repente. Os pacientes podem apresentar os seguintes sintomas:

  • Febre alta
  • Hipotensão
  • Dor muscular
  • Dor de cabeça
  • As erupções cutâneas nas costas e no peito são vistas primeiro, o que se espalha por todo o corpo mais tarde
  • Tosse
  • arrepios
  • Confusão
  • A sensibilidade de olhos desenvolve-se à luz brilhante
  • Estupor
  • Trombocitopenia

Diagnóstico de tifo epidêmico

O diagnóstico de tifo epidêmico pode ser feito em diferentes estágios.

Em primeiro lugar, esta febre é diagnosticada nas clínicas como outras febres causadas por organismos Rickettsia.

Os exames de sangue confirmam a doença. Alguns dos testes que podem ser realizados para confirmar a doença são os testes IFA (anticorpo fluorescente indireto), ELISA (ensaio imunoenzimático), aglutinação em látex, microaglutinação em placa, PCR (reação em cadeia da polimerase) e western blot.

Tratamento para Typhus Epidêmico

Existem diferentes tipos de tratamentos para o tifo epidêmico. Como tratamento de primeira linha, os antibióticos podem ser prescritos. Freqüentemente, o cloranfenicol ou a tetraciclina seriam eficazes. A doxiciclina também é um tratamento eficaz e usado conforme apropriado. Os médicos às vezes prescrevem os antibióticos precocemente se suspeitarem dessa doença.

Complicações do tifo epidêmico

A doença pode levar a complicações graves se não for tratada a tempo. Pode levar a algumas complicações neurológicas com coma, o que pode revelar-se fatal. Algumas das potenciais complicações do tifo epidémico, se não forem tratadas, incluem

  • O sangramento pode ocorrer no intestino.
  • Volume de sangue pode ser diminuído.
  • A inflamação do fígado também é esperada.

Medidas Preventivas Tifo Epidêmico

Higiene pessoal e comunitária podem ajudar a prevenir a doença. Algumas das dicas incluem:

  • A limpeza é extremamente importante para evitar o crescimento de piolhos no corpo.
  • O contato direto com a pessoa infectada deve ser evitado.
  • Roupas justas e de montagem corporal podem coletar os micróbios, portanto, essas roupas devem ser evitadas.
  • As roupas das pessoas infectadas devem ser lavadas a altas temperaturas acima de 550 a 600 c.
  • Uma mistura de DDT e permetrina pode ser polvilhada sobre as roupas infestadas para matar os piolhos do corpo e até mesmo os ovos.
  • O sangue deve ser testado antes da transfusão.
  • A coleta de sangue dentro e ao redor dos campos de refugiados deve ser interrompida até que o tifo epidêmico esteja completamente curado.
  • Viajar para os locais onde esta doença é relatada recentemente deve ser adiado.
  • Repelentes também estão disponíveis para insetos, ácaros, pulgas e carrapatos. O uso desses repelentes também pode prevenir a doença.
  • Ter uma dieta higiênica e equilibrada é de extrema importância para desenvolver imunidade e permanecer saudável.
  • Vacinas também estão disponíveis para prevenir a doença.

Conclusão

Embora existam vários medicamentos para o tifo epidêmico, a morte também pode ocorrer se o tratamento não estiver disponível a tempo. Às vezes, o diagnóstico errado também pode ser visto como os sintomas do tifo epidêmico se assemelham a algumas outras doenças, como a febre tifóide. As complicações e os fatores de risco aumentam com o aumento da idade dos pacientes. As pessoas que vivem em áreas anti-higiênicas são mais propensas a essa doença. As pessoas sofrem mais se já tiverem doenças como distúrbios renais, diabetes mellitus, etc. Entre os que sofrem desta doença, pode-se esperar uma recuperação completa e rápida em crianças.

Agora que você está ciente sobre como o tifo epidêmico se espalha, você pode tomar as medidas apropriadas para evitar a infecção. Assim, manter o ambiente limpo, ser higiênico, ter alimentos higiênicos pode trazer uma grande melhora nas áreas de ocorrência dessa doença. Além disso, por estar ciente do período de incubação do tifo epidêmico, você pode pegar sinais precoces e procurar aconselhamento médico oportuno.

Leia também:

Especialista em Dor at | 425-968-1599 | [email protected]

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment