Gardnerella ou Vaginose Bacteriana: Causas, Sintomas, Tratamento, Remédios Caseiros, Prevenção

A proliferação da bactéria Gardnerella na vagina da mulher causa infecção por Gardnerella vaginalis ou vaginose bacteriana. Vários tipos de bactérias vivem na vagina. Enquanto algumas das bactérias são boas, como os lactobacilos; outros são ruins, como Gardnerella. Estas bactérias vivem na vagina em um estado equilibrado, sem causar efeitos adversos. O equilíbrio saudável destas bactérias é mantido pelo pH ligeiramente ácido da vagina. No entanto, quando esse pH muda e se torna alcalino por natureza, desencadeia a proliferação da bactéria Gardnerella, que causa os sintomas desagradáveis ​​relacionados à vaginose bacteriana. Leia para saber tudo sobre Gardnerella ou vaginose bacteriana, causas, sintomas, tratamento, remédios caseiros e prevenção.

Causas de Gardnerella ou vaginose bacteriana

A infecção por Gardnerella ou vaginose bacteriana é causada pelo contato sexual com um indivíduo infectado ou objetos contaminados, como toalhas, roupas de banho e duchas. Um sistema imunológico comprometido, deficiência de minerais e vitaminas no corpo, uso de DIUs para controle de natalidade, gravidez, parto, estresse e uso de roupas e roupas íntimas sintéticas podem levar à infecção por Gardnerella ou vaginose bacteriana também. Esta infecção bacteriana também pode surgir espontaneamente em mulheres sexualmente inativas.

Sintomas de Gardnerella ou vaginose bacteriana

Os sintomas mais comuns da infecção por Gardnerella ou vaginose bacteriana são coceira e sensação de queimação na vagina, mau cheiro corrimento vaginal acinzentado, sensação de queimação durante a micção e dor durante a relação sexual. Os homens também podem contrair a infecção por Gardnerella, que geralmente é assintomática.

Diagnóstico e Tratamento da Gardnerella ou Vaginose Bacteriana

Gardnerella ou vaginose bacteriana é geralmente diagnosticada por uma cultura bacteriana do corrimento vaginal, teste de Papanicolau e exame do nível de pH da vagina. Para tratar os sintomas da Gardnerella ou infecção por vaginose bacteriana, os médicos normalmente prescrevem antibióticos como metronidazol ou ampicilina e cremes ou géis para aplicação nas áreas afetadas. Recomenda-se que os pacientes evitem o consumo de álcool enquanto estiverem tomando esses medicamentos, pois o álcool pode interagir negativamente com esses medicamentos. É pela mesma razão que os pacientes que sofrem de Gardnerella ou vaginose bacteriana também são aconselhados a informar seu médico sobre quaisquer outros medicamentos, que eles estão tomando ao mesmo tempo. Indivíduos, especialmente mulheres grávidas, deve procurar imediatamente um médico se sentir quaisquer sintomas de Gardnerella ou infecção por vaginose bacteriana. Isso porque, se não for tratada, a bactéria Gardnerella se multiplica rapidamente e se espalha pelo trato urinário, afetando inclusive as tubas uterinas e o útero, causando infecções mais graves.

Home remédios para Gardnerella ou vaginose bacteriana

Existem muitos remédios caseiros eficazes, que podem ser usados ​​para tratar a Gardnerella ou a vaginose bacteriana. Alguns remédios caseiros que podem ser usados ​​junto com o tratamento prescrito pelo médico para o tratamento de Gardnerella ou Vaginose Bacteriana incluem:

Iogurte: Um dos remédios caseiros mais eficazes para curar a Gardnerella ou vaginose bacteriana é o iogurte , especialmente o iogurte natural. É aconselhável comer iogurte quando experimentando Gardnerella ou vaginose bacteriana, uma vez que o iogurte altera o pH da vagina e, eventualmente, reequilibra-lo. A aplicação de iogurte natural à vagina também pode ajudar a corrigir o desequilíbrio bacteriano e ajuda no tratamento da Gardnerella ou da vaginose bacteriana. Um tampão, embebido em iogurte, pode ser usado na vagina para o mesmo propósito, mas deve ser substituído a cada poucas horas. Mesmo usando uma almofada de algodão para cobrir a região afetada com iogurte prova útil no tratamento de Gardnerella ou vaginose bacteriana. Estes procedimentos com iogurte devem ser repetidos várias vezes ao dia para obter melhores resultados.

Leite: O leite é uma fonte de bactérias lácticas. Um tampão embebido em leite pode ser inserido na vagina e deixado lá por pelo menos duas horas para aliviar a Gardnerella ou vaginose bacteriana, efetivamente. Beber leite com uma colher de chá de açafrão todos os dias também pode ser um remédio caseiro útil no tratamento de Gardnerella ou vaginose bacteriana.

Alho:O alho é um excelente remédio caseiro devido às suas poderosas propriedades antibióticas. O alho não apenas ajuda a aliviar a vaginose bacteriana, mas também protege a vagina contra outras infecções bacterianas. Por simplesmente comer alguns dentes de alho todos os dias, pode-se experimentar a atividade antimicrobiana deste remédio em casa em seu corpo. Mulheres que sofrem de Gardnerella ou vaginose bacteriana podem envolver alguns dentes de alho em gaze e inseri-los em sua vagina para combater essa infecção bacteriana. É aconselhável deixar este remédio por não mais que 2 horas. Além disso, uma pasta de dentes de alho esmagados pode ser preparada e aplicada na área afetada para alívio de Gardnerella ou infecção por vaginose bacteriana. No entanto, este remédio caseiro deve ser usado com muito cuidado, pois a pasta de alho pode causar irritação dérmica. Uma mistura de óleo de alho,

Saquinhos de Chá: O chá é um poderoso antibiótico e adstringente e é um excelente remédio caseiro para o tratamento de Gardnerella ou vaginose bacteriana. Embora o chá seja adstringente na natureza, quando aplicado no corpo, não irrita a pele afetada. Assim, o chá pode ser usado para curar as partes mais sensíveis do corpo, como os olhos e a vagina. Ao fazer uma xícara de chá, pode-se deixar no saquinho de chá por até 15 minutos, e depois retirar a bolsa e colocá-la na geladeira para esfriar. Uma vez refrigerado, este saquinho de chá pode ser aplicado na vagina para se livrar dos sintomas desagradáveis ​​causados ​​pela Gardnerella ou vaginose bacteriana.

Compressa Fria: Uma compressa fria pode aliviar os sintomas mais desagradáveis ​​da vaginose bacteriana. Para compressas frias, vários cubos de gelo podem ser enrolados em um pano limpo ou gaze, depois delicadamente inseridos na vagina e deixados lá por cerca de um minuto. A compressa pode ser reaplicada, se necessário. Além disso, a área vaginal pode ser lavada com água limpa e fria para aliviar os sintomas de Gardnerella ou infecção por vaginose bacteriana. Deve-se sempre lembrar de ferver a água primeiro para eliminar todos os micróbios em potencial e depois resfriá-la na geladeira antes de usá-la para limpar a vagina.

Vinagre de maçã: Gardnerella ou vaginose bacteriana também pode ser tratada com vinagre de maçã, que é mais um remédio eficaz para casa. O vinagre de maçã ajuda a aumentar a acidez vaginal e criar condições desagradáveis ​​para a sobrevivência das bactérias indesejáveis. Um indivíduo pode encher uma grande bacia, grande o suficiente para se sentar nela, com água e adicionar cerca de 200 ml de vinagre de maçã nele. Eles então precisam se sentar na bacia por pelo menos 20 minutos para uma limpeza eficaz da vagina. Este procedimento deve ser repetido diariamente para melhores resultados em Gardnerella ou vaginose bacteriana.

Óleo da Árvore do Chá: O óleo da árvore do chá tem poderosas propriedades antibacterianas que podem ajudar a matar espécies indesejáveis ​​de bactérias na área vaginal e também reduzir o cheiro desagradável que ocorre na Gardnerella ou na vaginose bacteriana. Pode-se lavar a área vaginal com uma solução de óleo de melaleuca e água morna, ou preparar um banho de água morna, óleo de melaleuca e vinagre branco e mergulhar nele por cerca de 30 minutos. Esses métodos devem ser praticados diariamente para melhores resultados.

NOTA: As mulheres só devem tentar estes remédios caseiros após serem diagnosticados com Gardnerella vaginalis ou Vaginose Bacteriana por um médico. Esses remédios caseiros nunca devem ser usados ​​para substituir qualquer medicação, que pode ser prescrita pelo médico.

Prevenção de Gardnerella ou Vaginose Bacteriana

Para prevenir a infecção por Gardnerella ou vaginose bacteriana, é importante manter uma boa higiene pessoal e evitar usar roupas apertadas, especialmente durante o verão. Essas são as melhores maneiras de manter essa infecção sob controle. Praticar medidas de sexo seguro, como usar preservativo e evitar ter múltiplos parceiros, são outras formas de prevenir a infecção por Gardnerella ou vaginose bacteriana. Pessoas com infecção por Gardnerella devem evitar ter relações sexuais até que sua condição esteja curada, pois isso pode agravar os sintomas. Eles também devem garantir que seu parceiro também seja tratado para evitar o risco de re-infecção. Douching freqüentemente e estresse devem ser evitados e uma dieta equilibrada e saudável deve ser consumida para minimizar o risco de desenvolver Gardnerella ou infecção por vaginose bacteriana.

Leia também:

Especialista em Dor at | 425-968-1599 | [email protected]

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment