O que é Dermatite Eczematosa: Causas, Sintomas, Tratamentos, Remédios Naturais

Quer saber o que é dermatite eczematosa? Bem, a dermatite eczematosa é um tipo comum de erupções cutâneas. É o padrão de reação causado por certas condições de pele diferentes, mas inter-relacionadas. Neste artigo, examinamos detalhadamente a dermatite eczematosa junto com suas causas, sintomas, diagnóstico, tratamentos e remédios naturais.

O que é Dermatite Eczematosa?

Dermatite eczematosa é uma condição bastante comum e afeta muitas pessoas. Dermatite atópica ou eczema, eczema disidrótico, dermatite de contato, neurodermatite e dermatite de estase são os tipos mais comuns de dermatite eczematosa. O eczema é o subtipo mais comum de dermatite eczematosa. O tratamento para qualquer tipo de dermatite eczematosa depende da condição subjacente da pele que causa a erupção cutânea. Uma vez que tantos tipos diferentes de condições da pele podem causar esses sintomas, é essencial identificar com precisão a condição causal para determinar o plano de tratamento correto.

Conhecer as causas, os sintomas, o diagnóstico, os tratamentos e os remédios naturais podem ajudar a prevenir e gerenciar melhor a condição.

Sintomas de Dermatite Eczematosa

Embora as condições subjacentes da pele sejam geralmente diferentes, todas exibem um padrão de reação global semelhante. Os sintomas comuns da dermatite eczematosa são pele vermelha, irritada, pruriginosa e inflamada e formação ocasional de bolhas cheias de líquido.

Causas da Dermatite Eczematosa

As causas da dermatite eczematosa, assim como outras condições da pele, são complexas e dependem de vários fatores. A condição e a localização da pessoa, a genética, a resposta imune do corpo e o que entram em contato são alguns fatores que podem desencadear a dermatite eczematosa.

Acredita-se que os sintomas dessa condição ou um surto sejam causados ​​por uma reação exagerada do sistema imunológico do corpo a um irritante ou alérgeno. Dermatite eczematosa, especialmente eczema, é mais proeminente em famílias que têm uma história de alergias que têm uma causa semelhante. Enquanto a causa exata é intrínseca, os fatores que desencadeiam a condição podem ser considerados como as causas contribuintes da dermatite eczematosa. Os pacientes podem prevenir ou minimizar os surtos simplesmente evitando os gatilhos para as erupções cutâneas.

Dermatite eczematosa não é contagiosa. Pode ser eficazmente administrado com tratamento dermatológico e evitando quaisquer gatilhos conhecidos.

Tratamento da Dermatite Eczematosa

Para qualquer tipo de erupção cutânea, é melhor consultar um médico para determinar a gravidade e o tipo de erupção cutânea e iniciar o tratamento apropriado.

Para diagnosticar a dermatite eczematosa, o médico deve verificar a pele do paciente e conversar com ele sobre seus sintomas, histórico geral de saúde e qualquer história de erupções cutâneas ou alergias ocorridas em sua família. Enquanto o tratamento da dermatite eczematosa difere com base na condição subjacente que causa a erupção, eles geralmente se concentram em diminuir a inflamação e aliviar a coceira para evitar uma possível infecção. Anti-histamínicos, corticosteróides, medicamentos que atuam no sistema imunológico e cremes e pomadas OTC contendo hidrocortisona são comumente usados ​​para tratar a dermatite eczematosa.

Remédios naturais para tratamento de dermatite eczematosa

Alguns remédios naturais para a dermatite eczematosa podem ajudar a aliviar os sintomas, repor a umidade dérmica e proteger a barreira natural da pele. Esses incluem

  • Óleo de prímula – Óleo de prímula é um dos remédios naturais para dermatite eczematosa que pode ser usado topicamente para suavizar a pele irritada. Este óleo também pode ser tomado por via oral para tratar o eczema e prevenir a inflamação no corpo.
  • Aveia coloidal – aveia coloidal ajuda a acalmar e suavizar a pele inflamada, portanto, é usado como um dos remédios naturais para a dermatite eczematosa. Está disponível sob a forma de creme e pó também. Sofredores de dermatite eczematosa podem misturar pó de aveia coloidal em água morna e mergulhá-lo por 10 a 15 minutos. Este remédio pode ajudar a aliviar a coceira e suavizar a pele áspera.
  • Óleo de coco – O óleo de coco é um hidratante natural que exibe poderosas habilidades antibacterianas que ajudam a prevenir infecções da pele. Pessoas com dermatite eczematosa podem aplicar óleo de coco virgem ou químico livre de frio comprimido nas regiões afetadas da pele para evitar que as manchas da pele inflamada estourem e escorreguem, bloqueando assim a entrada de bactérias na pele. Este é um dos remédios naturais antigos para vários problemas de pele.
  • Avelã de bruxa – A avelã de bruxa é ainda outro remédio natural para a dermatite eczematosa. Demonstra propriedades adstringentes naturais. É usado como um remédio tópico para acalmar a pele inflamada, aliviando a coceira e secando áreas com exsudação.
  • Óleo de girassol – Extraído das sementes de girassol, este óleo ajuda a proteger a camada exterior da pele, mantém-na hidratada, previne a infecção bacteriana e alivia a coceira e a inflamação. Óleo de girassol não diluído pode ser aplicado diretamente sobre a pele, preferencialmente após o banho enquanto a pele ainda está úmida. Este também é um dos melhores remédios naturais para a dermatite eczematosa.

No entanto, quando se toma medicamentos prescritos para dermatite eczematosa, é importante consultar o seu médico antes de tentar os remédios naturais.

Prevenção

Além de praticar o autocuidado adequado, as pessoas que sofrem de dermatite eczematosa são aconselhadas a evitar qualquer coisa que leve à irritação da pele e ressecamento para causar um surto. Eles devem evitar sabonete ou sabonete líquido, roupas de lã, roupas apertadas, pêlos de animais, pólen e detergentes perfumados. Mesmo leite, ovos, soja, amendoim e trigo são alérgenos alimentares comuns que podem desencadear os sintomas da dermatite eczematosa. Deve-se também tentar ficar longe de qualquer coisa que cause sudorese, como exercícios extenuantes. Se não for evitável, é importante limpá-lo, lavar e banhar-se para manter a pele limpa.

Leia também:

Especialista em Dor at | 425-968-1599 | [email protected]

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment