Quais são os remédios caseiros para hemangioma hepático?

Hemangioma é um grupo de vasos sanguíneos extras que ocorrem no corpo, aqueles que chamamos de marca de nascença. O hemangioma hepático, como o nome sugere, ocorre no fígado.

Quais são os remédios caseiros para hemangioma hepático?

Como já discutimos anteriormente, não se pode evitar que os hemangiomas hepáticos se desenvolvam, pois não há causa conhecida para sua ocorrência, do mesmo modo, também não podemos detê-los com nenhum método natural. Mas certos remédios caseiros ou naturais podem ser maravilhosos quando se trata de funções hepatoprotetoras. Eles geralmente melhoram o bem-estar do fígado, dando-lhe uma chance justa de combater qualquer distúrbio que possa enfrentar. Embora estes medicamentos não sejam uma maneira segura de prevenir os hemangiomas hepáticos, vale a pena tentar, já que eles não causarão nenhum efeito prejudicial. Um tal remédio maravilhoso é açafrão.

Cúrcuma contém curcuminóides como um ingrediente bioativo. A curcumina é um dos seus curcuminóides e é muito eficaz como medicamento anti-câncer. A curcumina interrompe o crescimento das células cancerosas e, portanto, pode ser usada com sucesso para tratar tumores benignos do fígado. E o hemangioma também é um tumor vascular benigno. Assim, a cúrcuma pode ser efetivamente usada para parar seu crescimento.

Chá verde chá verde é uma outra casa remédio, que é rico em anti-oxidantes. Anti-oxidantes são úteis no combate aos radicais livres. Os radicais livres estão em abundância em qualquer câncer ou tumor. Assim, o chá verde pode ser efetivamente usado em hemangiomas hepáticos.

Giloy – Este é outro remédio caseiro rico em anti-oxidantes e ajuda a impedir o crescimento de células cancerosas e impede a formação de novas células cancerígenas.

Ashwagandha – É outra droga anti-câncer, com capacidade de controlar as células cancerígenas e impedir a formação de novas células. Ashwagandha também pode apoiar a quimioterapia, impedindo que as células normais sofram qualquer dano. Também impede qualquer formação de células resistentes ao tratamento e, portanto, a quimioterapia se torna um sucesso.

O hemangioma hepático não é algo que você possa evitar que aconteça. Portanto, não há uma dieta específica como tal que deva ser seguida para preveni-la. Mas, uma dieta saudável deve ser mantida para manter o fígado em sua saúde primordial. O fígado é o maior órgão do nosso corpo. Tem que trabalhar duro, muda comida para energia. Ajuda a limpar substâncias tóxicas do corpo e ajuda na digestão. Para manter o fígado funcionando normalmente, é bom fornecer uma dieta saudável e equilibrada. Garantir que a pessoa esteja ingerindo frutas e verduras suficientes todos os dias ajuda a manter o suprimento necessário de vitaminas e minerais no fígado para seu funcionamento normal. Por causa do hemangioma, especialmente se for maior, o fígado pode não ser capaz de armazenar o suficiente desses nutrientes. Assim, fortalecer a dieta com estes pode ser uma boa opção.

A dieta deve ser limitada em proteínas e sódio. A proteína pode ser mais pesada para digerir o fígado comprometido, e o excesso de sódio pode causar retenção de água no abdômen, resultando em inchaço e causando desconforto ou, às vezes, dor. A dieta também deve ser pobre em gordura, pois a gordura também pode ser pesada para o fígado processar. No entanto, é bom ter uma dieta rica em carboidratos, pois os carboidratos não sobrecarregam o fígado e serão uma boa fonte de energia. O consumo de álcool deve ser limitado, pois o álcool é difícil para o fígado processar e, portanto, tem que trabalhar muito para eliminá-lo do sangue. Isso pode causar um dano considerável ao fígado se já estiver afetado por um grande hemangioma. É bom comer vários alimentos desintoxicantes para eliminar as toxinas do sangue.

Leia também:

Especialista em Dor at | 425-968-1599 | [email protected]

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment