Qual é o melhor remédio para o comprometimento cognitivo leve?

O comprometimento cognitivo leve é ​​a condição com um leve declínio nas funções cognitivas. Essas funções cognitivas incluem habilidades de memória, aprendizado, pensamento e tomada de decisão. A condição pode ser gerenciada seguindo várias opções de tratamento.

Table of Contents

Qual é o melhor remédio para o comprometimento cognitivo leve?

Não existe um único remédio ou tratamento para pacientes com comprometimento cognitivo leve. O tratamento depende do tipo de comprometimento cognitivo leve e da gravidade do mesmo. O comprometimento cognitivo leve pode afetar a memória ou afetar os aspectos cognitivos que não a memória. O primeiro é conhecido como comprometimento cognitivo leve amnéstico, enquanto o último é denominado como comprometimento cognitivo leve não-amnéstico. O paciente com pouca memória é tratado com drogas de Alzheimer por um curto período de tempo.

O tratamento é geralmente direcionado para gerenciar os sintomas e retardar a progressão da doença.

Além disso, o comprometimento cognitivo leve é ​​a condição que pode ser revertida ou pode ser continuada no mesmo nível. A estratégia de tratamento e gestão da condição é o esforço combinado de várias opções de tratamento. Isso inclui dormir bem, gerenciar outras condições de saúde, como hipertensão, diabetes e hipercolesterolemia. Além disso, tomar uma dieta saudável e incorporar antioxidantes e ácidos graxos ômega-3 também é útil para o manejo do comprometimento cognitivo leve.

Tratamento de comprometimento cognitivo leve

O tratamento é geralmente feito para retardar a progressão da doença. Progressão da doença pode resultar em demência, bem como os pacientes com comprometimento cognitivo leve estão em maior risco de desenvolver a doença de Alzheimer. O tratamento também é direcionado para reverter a condição de comprometimento cognitivo leve, tratando a causa da doença. Embora não haja tratamento aprovado para o manejo do comprometimento cognitivo leve, vários medicamentos são prescritos para controlar os sintomas da doença. A seguir estão as opções de tratamento disponíveis para o paciente que sofre de comprometimento cognitivo leve:

  1. Medicamentos de Alzheimer . Os sintomas do comprometimento cognitivo leve amnéstico progridem para desenvolver a doença de Alzheimer. Assim, os médicos às vezes prescrevem medicamentos usados ​​para tratar a doença de Alzheimer aos pacientes que sofrem de comprometimento cognitivo leve. A droga geralmente utilizada é o inibidor da colinesterase, que é usado para melhorar a memória dos pacientes. No entanto, o uso prolongado de tais drogas nesta indicação não é recomendado.
  2. Tratar a Hipertensão . O comprometimento cognitivo leve também é caracterizado por vasos sanguíneos anormais que resultam em pressão alta. Além disso, o fluxo sanguíneo nesses pacientes diminui devido à aterosclerose. Assim, o tratamento adequado deve ser feito para controlar a hipertensão e reduzir o nível de colesterol no sangue, pois isso pode causar a progressão da doença para uma forma mais grave.
  3. Gerenciando Diabetes . No diabetes, as células cerebrais tornam-se resistentes à insulina. A insulina é o hormônio necessário para ajudar a entrada de açúcar no interior das células. Na condição de resistência à insulina, as células não tomam insulina, levando à redução da atividade neuronal. Assim, para melhorar e gerenciar a condição de comprometimento cognitivo leve, o diabetes deve ser adequadamente controlado e a resistência à insulina também deve ser tratada.
  4. Gerenciando Saúde Emocional . Depressão e ansiedade são a causa mais comum de comprometimento cognitivo leve. Várias opções de manejo devem ser oferecidas ao paciente para equilibrar a saúde emocional. Além disso, o nível de estresse também deve ser reduzido, realizando meditação e yoga.
  5. Suplementos . À medida que a idade aumenta, alguns pacientes ficam mais propensos a danos causados ​​pelos radicais livres à medida que a capacidade de eliminação de radicais livres do corpo diminui. Esses radicais livres iniciam uma cascata de eventos danificando os neurônios. Isso também aumenta a causa de comprometimento cognitivo leve. Assim, vários suplementos contendo antioxidantes são recomendados para esses pacientes. Antioxidantes incluem Coenzima Q10, astaxantina, resveratrol e licopeno. Outros ácidos graxos ômega-3 também são bons para a saúde do cérebro.
  6. Tratar a insônia . Noites sem dormir aumentam os radicais livres, assim como aumentam os níveis de estresse. Assim, o paciente deve ter um bom sono para reduzir os sintomas de comprometimento cognitivo leve.

Conclusão

Não há tratamento aprovado para comprometimento cognitivo leve. No entanto, os métodos atualmente utilizados incluem a prescrição de medicamentos de Alzheimer em curto prazo, o manejo de outras condições de saúde, uma dieta saudável e um bom sono.

Leia também:

Especialista em Dor at | 425-968-1599 | [email protected]

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment