Vitaminas E Suplementos

Os suplementos ao alho podem causar indigestão?

O alho não é usado apenas para dar sabor aos alimentos. Suplementos de alho também ajudam a combater doenças cardíacas, infecções fúngicas e outras doenças. Embora os suplementos de alho ajudem de várias maneiras, como reduzir o risco de câncer, combater o colesterol alto e infecções, a quantidade excessiva de suplementos de alho, quando ingeridos, pode levar à indigestão como efeito colateral. Alho suplementos quando tomado na quantidade de 2 a 4 gramas por dia (considerando cada dente de alho pesando um grama) ou quando tomado em uma forma de comprimidos de 200 mg pode fornecer-lhe todos os benefícios. Maior do que a dosagem mencionada, você pode ter que lidar com os efeitos colaterais do odor do corpo à indigestão.

De acordo com a Universidade de Maryland Medical Center, suplementos de alho quando tomados em mais de 4 gramas por dia podem levar a efeitos colaterais que podem ser leves ou graves. Enquanto os efeitos colaterais leves incluem mau hálito e odor corporal desagradável, os efeitos colaterais mais complicados incluem sintomas de indigestão. Os efeitos colaterais habituais do alho, que mostra que você está sofrendo de indigestão incluem:

Os outros efeitos colaterais ou suplementos de alho incluem dores musculares, fadiga, náusea, indigestão e sudorese. Desbaste de sangue e colite também pode ocorrer devido a doses pesadas de suplementos de alho em sua dieta diária. Quando você está enfrentando tais condições, consulte um médico imediatamente e obter ajuda não só para encontrar suplementos de alho inofensivos para você, mas também saber a dosagem de tê-los. Deve-se ter em mente que nem todos são afetados pelos suplementos de alho e alho da mesma maneira.

Os suplementos de alho no mercado têm diferentes ingredientes-chave. A qualidade dos suplementos também depende da forma e do tipo de alho usado para prepará-los e de como o suplemento foi preparado. Suplementos de alho, muitas vezes interrompem os cursos de vários medicamentos que podem levar à indigestão. Embora suplementos de alho possam ajudá-lo a evitar efeitos colaterais como odores corporais, você pode perder os ingredientes ativos dos suplementos de alho para fornecer nutrição quando necessário. Ao escolher o suplemento de alho, se você deve ter em mente que tipo de elementos você deseja incluir em sua dieta.

Como os suplementos ao alho afetam o refluxo ácido e a indigestão?

Existem certos tipos de alimentos que pioram a condição de refluxo ácido de que uma pessoa está sofrendo. O refluxo ácido é a condição em que os ácidos liberados em seu estômago para digerir os alimentos passam para o esôfago devido à falha do diafragma em fechar no tempo. Embora ainda não exista uma relação direta entre o alho e o refluxo ácido entre os pesquisadores, às vezes é visto que o alho desencadeia os sintomas do refluxo ácido. O refluxo ácido leva a. Pode haver várias razões para o refluxo ácido ocorrer e o que pode ser um gatilho para uma pessoa pode não ser para outra, mas o alho é apontado como um gatilho para o refluxo ácido.

Um dos principais componentes dos suplementos de alho e alho é a alicina, um composto de enxofre. A alicina é muito útil para lidar com condições de colesterol e doenças cardíacas, mas pode funcionar como um gatilho que causa azia (que é um dos principais sintomas de refluxo ácido, portanto, considerando o alho chapéu pode ser responsável pelo refluxo ácido e indigestão). Se é visto que suplementos de alho desencadeiam condições como indigestão e refluxo ácido, muitas vezes os médicos pedem para evitar o alho na comida. Enquanto altas doses de suplementos de alho causam azia, suplementos de alho também podem agir como diluentes de sangue terríveis.

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment