O Zoloft faz você se sentir bem?

Zoloft é frequentemente utilizado no tratamento da depressão , ansiedade, ataque de pânico , distúrbio pós-traumático, etc. O nome genérico de Zoloft é serotonina. Este artigo discute se Zoloft faz você se sentir alto?

A serotonina é muito útil para restaurar o equilíbrio do cérebro e, portanto, ajuda a melhorar o humor, o sono, o apetite, bem como o nível de energia de uma pessoa e algumas outras atividades cotidianas da vida. Os médicos geralmente prescrevem Zoloft quando um paciente sofre de fobias sociais ou transtorno obsessivo-compulsivo. É verdade que este medicamento atua na diminuição do medo, ansiedade, pensamentos indesejáveis ​​e vários outros ataques de pânico. Agora, quando os médicos prescrevem Zoloft a um paciente, sempre há uma dúvida de que tomar Zoloft pode torná-los altos.

Table of Contents

O Zoloft faz você se sentir bem?

Muitas pessoas têm uma pergunta em mente de que tomar o Zoloft pode fazê-las se sentirem bem e elas ficarem viciadas nele. Na verdade, o Zoloft é um tipo de antidepressivo inibidor seletivo de recaptação de serotonina (ISRSs) que aumenta o nível de serotonina no cérebro. Como resultado, o paciente experimenta algum nível aumentado de sensibilidade à felicidade. Além disso, o paciente também sente melhor equilíbrio emocional. No entanto, existem alguns casos em que se verifica que o paciente se sente eufórico depois de usar o Zoloft. Isto é devido a um melhor equilíbrio emocional, mas para alguns pode ser pouco mais do que o necessário. Nesses casos, é possível que os antidepressivos inibidores da recaptação da serotonina (SSRIs), como o Zoloft, possam torná-lo alto. Isso geralmente ocorre quando o paciente excede a dosagem que é realmente recomendada pelo médico.

Assim, ao considerar se o Zoloft o torna alto, é necessário entender que na maioria dos casos é devido a dosagem imprecisa ou uso inadequado. Como excede a dose recomendada, pode criar um sentimento feliz ou mais alto do que o necessário. Assim, em tais casos, o aconselhamento médico oportuno pode ajudar ajustando a dose aos níveis apropriados.

Vê-se que a dose média de Zoloft que os médicos geralmente prescrevem é 20-50 mg. No entanto, no caso de haver um aumento nessa dosagem padrão, isso pode elevar o paciente. Novamente, se o paciente precisar tomar Zoloft juntamente com qualquer outro medicamento, pode acontecer de o medicamento ser a causa real de ser alto. Assim, é muito essencial consultar o médico se o paciente precisar tomar qualquer outro medicamento junto com o Zoloft. Porque, nesse caso, ou o médico irá alterar o medicamento ou irá ajustar a dose de Zoloft para que não tenha qualquer efeito adverso no corpo.

Assim, comprar Zoloft sem receita médica é muito perigoso para a saúde do paciente. O paciente pode ficar chapado no Zoloft se a dosagem recomendada do medicamento exceder. Nesse caso, o paciente sentirá sonolência ou vertigens. Mais uma vez, é visto principalmente que quando Zoloft é acompanhado com alguma outra droga, provoca uma reação química no corpo que inesperadamente se torna maior. Alguns dos sintomas mais comuns que o paciente pode sentir quando fica no Zoloft são náusea, vertigem, agitação, nervosismo, deficiências visuais temporárias ou leves, síndrome da serotonina, etc. Isso acontece porque o nosso corpo tem uma limitação da quantidade de serotonina que pode ser tomado de cada vez pelo corpo e qualquer coisa acima desse nível não pode ser tomada pelo corpo, resultando em sintomas de serotonina devido a que o paciente pode experimentar pressão alta,diarréia , etc.

Conclusão

Assim, é claro que tomar Zoloft, que contém a sertralina idealmente, não elevaria o paciente nem apresentaria euforia. 1 No entanto, é possível que exista algum problema com a prescrição da dose ou com o modo como a pessoa está usando o medicamento. Além disso, pode causar alta se o Zoloft for tomado juntamente com outros medicamentos ou certos alimentos devido a interações.

Assim, se o médico prescreveu Zoloft, é muito essencial para o acompanhamento de quaisquer problemas como se sentir alto. O médico pode considerar alterar o medicamento ou alterar a dose de acordo com sua saúde.

Especialista em Dor at | 425-968-1599 | [email protected]

Eu sou o Dr. Ruby Crowder e sou especialista em medicina pulmonar e cuidados intensivos. Eu me formei na Universidade da Califórnia, em San Francisco. Eu trabalho no Hospital Geral de São Francisco e Centro de Trauma de Zuckerberg. Eu também sou professor associado de medicina na Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Eu pesquisei a epidemiologia e o manejo da tuberculose em países de alta incidência e publiquei muitos remédios e artigos relacionados à saúde sobre o Exenin e em outras revistas médicas.

Finalmente, gosto de viajar, mergulhar e andar de mochila.

Leave a Comment